35. Elisabeth Mischeck (1822-1888)

Minha tetravó Elisabeth Mischeck nasceu na aldeia de Gunderwitz, na Boêmia, no ano de 1822. Era filha do casal Thomas Mischeck e Barbara Greil. Casou-se em 1847 com Anton Zipperer, natural de Flecken, filho de Adam Zipperer, com quem imigrou para o Brasil em 1873.
.
“Frau Liesl”, como era conhecida, é tida como mãe minha zelosa, e mulher sempre bem disposta e corajosa. Assim nos pinta o livro de Josef Blau “Bayern in Brazilien”. O mesmo livro aponta que foi ela que trouxe aos rústicos colonos de Flecken alguns bilhetes de propaganda da imigração para o Brasil. Parece que ela se manteve resoluta na idéia de imigrar, enquanto que aos outros ainda pairavam dúvidas. O livro também mostra a dedicação que ela teve com o filho Josef Zipperer, quando esse contraiu grave doença.
.
O próprio Josef Zipperer, em “São Bento no Passado”, nos conta como Elisabeth Mischeck teve que se virar para conseguir mantimentos para os Zipperer tão logo a família chegou ao Brasil. Ela procurou um vendedor que costumava vender fiado aos recém-chegados imigrantes. Só que ele não pareceu muito disposto, já que muitos dos imigrantes jamais retornaram para saldar a dívida. Esse comerciante, segundo Zipperer, se chamava Henrique Jordan. E mesmo com as palavras de Elisabeth, não quis ceder. “Frau Liesl” então retornou e buscou seus filhos Josef, Franz e Anton Zipperer, para levá-los até Jordan e mostrar que a família tinha homens de mãos fortes que com alguns dias de trabalho poderiam facilmente conseguir o dinheiro da dívida. Vendo a disposião de Elisabeth Mischeck, Henrique Jordan acabou se convencendo, e de fato cedeu os mantimentos necessários aos sustento dos Zipperer naqueles primeiros dias (carne seca, feijão, farinha de mandioca, tachos e caçarolas). Os homens estavam trabalhando na construção da Estrada Dona Francisca, e em algum tempo puderam voltar e saldar, de fato, a dívida.
.
Elisabeth Mischeck teve com Anton Zipperer os seguintes filhos: Catharina Zipperer, que só veio ao Brasil dois anos depois, em 1875, casada com Frederico Fendrich; Josef Zipperer, que em 1877 se casou com Anna Maria Pscheidt; Anton Zipperer, casado com Agnes Breszinski; Franz Zipperer, que faleceu solteiro; Therese Zipperer, casada com o cervejeiro Josef Linzmeyer; Andreas Zipperer, casado com Barbara Hien; e Carl Zipperer, casado com Therese Brey, os quais se mudaram para a região de Porto União onde deixaram grande descendência.
.
Sobre o filho Franz Zipperer, sabemos que foi o primeiro imigrante falecido em São Bento (embora a tradição afirme que foi Karl Wilhelm Bendlin). Naturalmente, Franz não era chefe de família, mas como podemos ver em documentos transcritos por Carlos Ficker em seu livro sobre a cidade, Franz faleceu antes de Karl. Sobre o falecimento de Franz, de apenas 16 ou 18 anos, vítima de febre maligna, Josef Zipperer escreveu que “baldados foram os cuidados a ele dispensados com tanto carinho pela mãe e por todos nós”.
.
Já a mãe Elisabeth Mischeck faleceu em 30.10.1888, conforme comprovamos em registro de óbito da Paróquia de São Bento do Sul:
.
“A trinta de outubro de mil oitocentos e oitenta e oito falleceu Elisabeth Zipperer, filha legítima de Thomas e Barbara, mulher de 66 annos de idade, casada com Antônio Zipperer, estrangeira, natural da Bohemia, lavradora, de marasmo senil, no seu domicílio na Estrada de Wunderwald deste município e dous dias depois seu corpo foi sepultado no Cemitério Cathólico da sede de S. Bento, do que para constar fiz esse assento.”
Published in: on 12/01/2008 at 1:18 PM  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://coisavelha.wordpress.com/2008/01/12/35-elisabeth-mischeck-1822-1888/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: