42. Friedrich Labenz (1847-1925)

Meu tetravô Friedrich Labenz nasceu na região de Eichstedt, na Prússia. De lá imigrou para o Brasil em 1876 com a esposa Wilhelmine Witt, filha de Michael Witt e Relina, além de suas filhas. O navio que os trouxe foi o Bahia, que saiu do porto de Hamburgo no dia 19.10.1876 e chegou em São Francisco do Sul no dia 23.11.1876.
.
Nos primeiros anos, moraram na Estrada Wunderwald. Posteriormente, se mudaram para a Estrada Bismarck, onde permaneceram. Quando Wilhelmine Witt faleceu, em 1924, seu esposo Friedrich Labenz mudou-se para a companhia de uma das filhas, casada com Bertholdo Feix, que morava na Estrada Dona Francisca.
.
Junto de sua esposa, Friedrich Labenz foi padrinho de batismo de Emma Emilie Greinert, batizada protestante no dia 19.02.1888. Essa família Greinert morava também na Estrada Bismarck.
.
Curiosamente, existem vários registros protestantes em que membros da família Labenz aparecem como testemunhas ou padrinhos. A informação presente na lista de passageiros, confirmada pelo batizado de três filhas, é a de que era família católica. A Prússia era, em sua maioria, protestante. Talvez o que explique isso, a ser confirmado documentalmente, seria o fato de Wilhelmine Witt ser protestante, enquanto que Friedrich Labenz seria católico. Por enquanto é apenas hipótese, mas ganha força quando vemos que as três famílias Witt que vieram para São Bento, todas da Prússia, eram protestantes. A própria Ida Bertha Labenz, filha de Friedrich Labenz, aparece como madrinha de uma criança protestante de uma dessas outras famílias Witt. Ida, minha trisavó, também casou-se protestante, com Karl Giese. Mas Alma Ottília, Maria Augusta e Hedwiges Agnes, irmãs de Ida, foram batizadas católicas.
.
Friedrich Labenz faleceu em 13.11.1925, conforme atesta o registro de óbito civil transcrito abaixo, de acordo com o Livro 7 fls 34 Nº 73:
.
“Aos catorze dias do mez de Novembro de mil novecentos e vinte e cinco, nesta villa de São Bento, Estado de Santa Catarina, em meu cartório compareceu Bertholdo Feix, e perante as testemunhas abaixo assignadas declarou que no dia de ontem ás 21 horas falleceu em seu domicilio, á estrada D. Francisca, nesse districto, o sogro delle, declarante, de nome Frederico Labenz, vítima de fraqueza cardíaca, com 78 anos de idade, sendo natural da Alemanha, de cor branca, profissão lavrador, viúvo de Guilhermina Labenz, de filiação ignorada, residia á dita Estrada Dona Francisca, tendo fallecido sem assistencia médica, não deixa bens, vai ser sepultado no cemitério público desta Villa, do que para constar, lavrei o presente termo que vai devidamente assignado. Eu, Erico Bollmann, Official do Registro Civil, o escrevi e também assigno.
Erico Bollmann, Berthold Feix, Paulo Jakusch, Miguel Liebl”
.
Como se vê, o registro aponta que era de filiação ignorada, de modo que não tem sido possível avançar na genealogia dos Labenz.
Anúncios
Published in: on 19/01/2008 at 12:01 PM  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://coisavelha.wordpress.com/2008/01/19/42-friedrich-labenz-1847-1925/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: